Ed Motta abre com ‘Manuel’ 1º show após polêmica e brinca com público
18 maio 2015 às 4:39 am

Ed Motta abre com ‘Manuel’ 1º show após polêmica e brinca com público

show_edmotta_1044Não teve espaço para desavença no primeiro show de Ed Motta após o músico se envolver em uma polêmica no Facebook. Ele abriu sua apresentação em São Paulo nesta sexta-feira (17) com “Manuel”, música citada no infame post na rede social, pediu para o público filmar o momento, brincou bastante e teve a plateia ao seu lado o tempo inteiro.

“Eu faço um pedido super especial a vocês. Quem puder filmar agora, com seu celular. Eu vou esperar cada um pegar o seu celular. Pelo amor de Deus, filma isso. É a versão ‘Manuel’ com relógio branco”, brincou logo no início da apresentação.

O músico subiu ao palco usando um relógio branco no pulso, uma referência ao comentário que fez no Facebook. Na ocasião, ele criticou o comportamento dos brasileiros no exterior. Ele se desculpou no dia seguinte.

Mas se as palavras postadas na internet podem ser consideradas pesadas para alguns, na apresentação desta sexta o clima era de leveza. Ed Motta fez um show descontraído e cheio de hits, interagiu bastante e deixou seu inegável talento dominar as conversas entre os presentes.

“Antes eu tinha medo de ficar careca. Agora acho legal. Fica essa cara de jazzista, de bluesman”, brincou.
“Eu mesmo me acho ridículo quando alguém pede pra tirar uma foto e rola um perfil”, disse o músico, ironizando as poses que os artistas fazem na hora de serem fotografados.

Da plateia vinha todo tipo de declaração inflamada. “Queria ser você. Você é foda. Toca umas coisas fodas, come umas coisas fodas e fala o que quiser”, disse um dos fãs. Ed Motta costuma postar fotos de pratos sofisticados em sua conta no Instagram.

Ao longo do show, o músico falou mais de uma vez sobre a repercussão do seu post no Facebook. “Eu fiquei tenso com isso. Me arrependo de uma parte. Levei uma bronca em casa. Edna (esposa de Ed) ficou um dia sem falar comigo”, confessou.

“Estou triste. Estou deprimido. Todo mundo me xingando e eu tomando canja”, falou em outro momento.
“Meu pai me chama de eurocêntrico. Ele me ligou e disse ‘eu não te criei para ficar eurocêntrico assim”, disse mais tarde sobre a reação do próprio pai ao caso.

Em todos os instantes, no entanto, o público o apoiou. Brincadeiras com inglês, outro ponto da postagem do Facebook, também apareceram aos montes. Muitos “Thank you Ed” (obrigado, Ed) e “I love you, Ed” (eu te amo, Ed) foram ouvidos durante a noite.

Repertório

Ed Motta fez um mix de toda a sua carreira na apresentação desta sexta (17). Depois de “Manuel” vieram “Fora da lei” e “Caso sério”, músicas escritas por Rita Lee, e uma dupla de canções do disco “AOR” (Adult Oriented Rock), seu álbum mais recente e o 13º de estúdio da carreira. “Eu já tenho dificuldade em decorar uma letra. Imagina duas versões”, brincou novamente, sobre o fato de “AOR” ter sido lançado em português e em inglês.

Ele também tocou músicas do disco “Segundas Intenções” e, entre uma canção e outra, como é habitual, falou dos seus gostos, influências e opiniões. Nesses momentos, até a trilha do seriado “S.W.A.T.” e a música “Ebony eyes”, de Rick James, ganharam uma palhinha.

Depois de aproximadamente 1h30, Ed Motta encerrou o show com “Colombina”, outro grande sucesso de sua carreira composto com Rita Lee. Ele ainda ficou para um bis, que contou com “Outono no Rio” e “The closer I get to you”, do romântico Donny Hathaway.

“Ela foi música de comercial de cigarro. Mas ele é meu cantor favorito”, confessou.
Jantar pré-show

Antes do espetáculo, o público teve direito a um jantar com cardápio escolhido pelo cantor. De entrada, ceviche de peixe acompanhado de torrada de pão de azeite.O prato principal foi pato assado com purê de batata e de sobremesa, panettone grelhado com sorvete de creme.

Comente